O CONFORTO QUE VEM DE DEUS

A vida humana é comparável a uma viagem. Mais curta ou mais longa, ela tem os seus imprevistos. Há bons e maus momentos, alegrias e tristezas, vitórias e derrotas. Podem até surgir algumas  encruzilhadas nas quais chegamos a sentir-nos quase perdidos.   Digo “quase” porque, se somos crentes - filhos e filhas de Deus –, sabemos que o Senhor segue sempre connosco, providenciando a ajuda, conforto e encorajamento necessários na difícil hora da incerteza, desânimo, aflição.

Podemos enumerar as fontes divinas de onde é possível receber a indispensável ajuda:
1. Deus Pai. Na nossa "viagem", o Altíssimo  nunca Se esquece de nós. Sobretudo nos momentos difíceis. Ele não só sabe que sofremos, mas está sempre disponível para nos ouvir, confortar e ajudar.

    * Salmo 10:17 – “Ó Senhor, Tu ouves os desejos dos aflitos; confortas os seus corações, e ouves o seu clamor.”
    * 2 Coríntios 7:6 – “Mas Deus, que consola os abatidos, consolou-nos com a vinda de Tito.”
    * 2 Tessalonicenses 3:3 – “Mas fiel é o Senhor, que vos confirmará e guardará do maligno.”

2.  Jesus Cristo, nosso Salvador.  O Senhor Jesus prometeu que estaria connosco sempre. Quando viveu aqui na Terra, Ele experimentou toda a espécie de dores e problemas na maior profundidade que podemos imaginar. Jesus não só conhece, mas compreende as fragilidades e carências próprias da nossa condição humana .

    * 2 Tessalonicenses 2:16 – “E o próprio Senhor Jesus Cristo, e nosso Deus e Pai, nos amou e em graça nos deu uma eterna consolação e boa esperança.”
    * Hebreus 4:15 – “Pois não temos um sumo-sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.”

3. O Espírito Santo Consolador. Quando a crucificação já se aproximava, Jesus Cristo referiu-se ao Espírito Santo dizendo que do Céu nos enviaria “o Consolador”. E assim aconteceu. Agora, Ele não só habita em nós e nos dá autoridade e ousadia para testemunharmos do Evangelho, mas também nos conforta de forma única, sobre-humana, especial.

    * João 14:16-17 – “Eu rogarei ao Pai e Ele vos dará outro Consolador, para que esteja convosco para sempre. o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não O vê nem O conhece. Mas vós O conheceis, pois habita convosco e estará em vós.”
    *

      Romanos 8:26-27 – “Da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas. Não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós, com gemidos inexprimíveis.

4. A Palavra de Deus. A Bíblia é a Carta de Amizade que Deus nos escreveu. Ela está sempre ao nosso dispor. Na Bíblia há admiráveis expressões de conforto que o Senhor providenciou a pensar em nós.

    * Salmo 23:1, 4 – “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte não temeria mal algum, porque Tu estás comigo; a Tua vara e o Teu cajado me consolam.”
    * Salmo 19:9-10 – “As ordenanças do Senhor são verdadeiras, e inteiramente justas. Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; mais doces são do que o mel, do que o mel que goteja dos favos.”
    * Salmo 119:105 – “Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra, e luz para o meu caminho.”

5. Os irmãos em Cristo – a igreja. A igreja é a nossa “família” espiritual. Nela encontramos encorajamento e conforto. Através da nossa igreja podemos ser também canais de consolação e ajuda para os irmãos que sofrem. Deus conhece a circunstância específica do sofrimento de cada um dos Seus filhos e filhas, estando sempre atento às nossas orações. O Senhor ama-nos, vela por nós e providenciará sempre uma solução tendo em vista dois objectivos específicos: (1) O melhor para os Seus filhos e filhas; (2) A glória de Deus.

    * 2 Coríntios 1:3-4 – “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda a consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus.”
    * 1 Tessalonicenses 4:18 – “Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.”

Na maravilhosa "viagem"  em que estamos envolvidos, estimado leitor, quando  surgirem as inevitáveis encruzilhadas difíceis, saibamos nós ter em conta a indispensável e preciosa ajuda que vem de Deus. Se assim acontecer, há-de ser nosso, também, mais tarde, o testemunho do salmista que disse: “Esperei com paciência no Senhor; Ele Se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me de um lago horrível, de um charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. Pôs um novo cântico na minha boca, um hino de louvor ao nosso Deus. Muitos o verão, e temerão, e confiarão no SENHOR.” (Salmo 40:1-3).

1 comentários:

Fatinha 4 de março de 2011 08:39  

GOSTEI MUITO DE SEU BLOG, QUE O SENHOR CONTINUE TE ABENÇOANDO MUITÍSSIMO....JÁ SOU SUA SEGUIDORA.

FK NA PAZ!!!

fatinha-fbgs.blogspot.com

Busca

Curiosidades.

O nome "Bíblia" vem do grego "Biblos", nome da casca de um papiro do século XI a.C.. Os primeiros a usar a palavra "Bíblia" para designar as Escrituras Sagradas foram os discípulos do Cristo, no século II d.C.

Você Crê em Jesus? clique aqui